O erro alheio me incomoda...


Eu olho para mim, e sei que tenho defeitos, erros, e afins, sou o pecador mais fdp que existe, e que só sou alguma coisa pela graça do Senhor (e bota graça nisso).

Mais sabe, as vezes quando vejo meus amigos fazendo merda, e expondo o erro com orgulho, minha vontade, é de encher todo mundo de porrada, e gritar.

-Merda! Que bosta você faz/fez na igreja?

Deus deixa claro que não existe pecadinho/pecadão, e o erro do outro tem o mesmo peso do meu, a conseqüência do pecado é igual, pois é o pecado – pequeno ou grande é contra Deus e o resultado é a morte.

Todo erro está sujeito ao arrependimento, como dizem, o erro é uma conseqüência da falta do conhecimento das escrituras.

...não há um justo, nenhum sequer pois todos pecaram
Em Romanos 3:alguma coisa...


Não julgo, e guardo todas as minhas criticas pra mim, e oro para que Deus me de sabedoria e discernimento pra ajudar meus amigos, sem julgá-los, mostrar e demonstrar o prazer de andar com Deus, sem querer dar tapa na cara deles, e chamá-los de moleque.

1 comentários:

Post a Comment